Acabei de me formar na faculdade. Um empréstimo faz sentido para mim?

Depois de concluir a faculdade, todo mundo entra para a vida adulta do mesmo jeito: salários baixos e muitas despesas para começar a construir a vida. É comum que esse período seja marcado por mais malabarismos financeiros do que por sobra de dinheiro. Sem cautela, é grande o risco de já dar largada à vida financeira adulta endividado. Veja como decidir se neste momento um empréstimo é uma boa para você.

Empréstimo para recém formado

Quero empréstimo para sair da casa dos meus pais

Sair da casa dos pais pode ser uma necessidade depois do fim da faculdade. A sua área de atuação pode ter mais empregos em outra cidade, por exemplo, ou você decidiu que é hora de caminhar com os próprios pés.

É comum dividir o aluguel com algum amigo para diluir os custos. Se quiser morar sozinho, calcule todos os custos para evitar gastar mais do que você pode.

Tome cuidado: as despesas podem crescer mais do que você esperava e o empréstimo pessoal pode ser uma boa alternativa. Aqui vale diferenciar dois casos: se você precisa do dinheiro para bancar o aluguel do imóvel ou para mobiliar o novo lar, por exemplo.

Os gastos fixos, como o aluguel, nunca devem ser financiados com empréstimos. Agora, gastos extras e pontuais, ou seja, que não irão se repetir, podem ser candidatos a um empréstimo. Isso vale principalmente se você optar por parcelar a compra dos móveis, por exemplo, e perceber que a taxa de juros cobrada pelo lojista é maior do que a de um crédito pessoal.

Quero empréstimo porque estou desempregado

Quem está sem emprego dificilmente conseguirá um empréstimo com taxas justas. Toda instituição financeira exige um comprovante de renda para saber a sua capacidade de pagamento. Mas você pode tomar algumas atitudes para enfrentar esse período.

Além de continuar procurando emprego, tente cortar as despesas supérfluas. Uma dica é baixar o aplicativo do GuiaBolso e organizar automaticamente rendas e gastos. É uma maneira de identificar excessos e fazer o seu dinheiro de reserva financeira durar mais.

Mesmo sem um emprego fixo, tente ganhar dinheiro trabalhando como freelancer ou explorando outras habilidades em vagas temporárias.

Quero começar o meu próprio negócio

Pegar dinheiro emprestado é um primeiro passo muito comum para quem deseja começar o próprio negócio. Pode até ser uma solução tomar um empréstimo em seu nome quando a sua empresa ainda está muito no começo. Mas saiba que o mais indicado é solicitar um empréstimo como pessoa jurídica - o custo pode ser até mais interessante para você e o seu negócio.

Equipe Just :)

Tirando todas as suas dúvidas sobre empréstimo pessoal