Crédito

Cuidados ao fazer um empréstimo pessoal

Publicado em:

just-cuidados-ao-fazer-emprestimo-pessoal

Fazer um empréstimo é como fazer um negócio. Quando você compra um veículo e uma casa, por exemplo, você procura os melhores preços e condições de pagamento. O mesmo funciona quando você pede dinheiro a uma instituição financeira. Não dá para assinar um contrato sem pesquisar as opções disponíveis e buscar o menor custo.

Pesquise taxas e prazos

Pesquise com cuidado antes de aceitar a primeira proposta de empréstimo. É essencial entender se a taxa de juros ofertada é a melhor para o seu caso ou se é possível conseguir um custo menor.

➔ Leia também sobre: Como funcionam os juros dos empréstimos

Fique atento pois algumas instituições mostram taxas de juros em valor nominal e outras em valor CET. A taxa de juros varia de acordo com a instituição e com a análise que é feita das suas finanças.

O que é o Custo Efetivo Total?

Uma prática comum também das instituições financeiras é informar uma taxa de juros que não será a final. Guarde essa sigla: CET (Custo Efetivo Total). A taxa CET representa o total de juros que será cobrado, após todos os acréscimos. Raramente as instituições financeiras divulgam esse valor na primeira abordagem e, só no momento de assinar o contrato, você descobre que vai pagar mais juros do que o planejado.

Pergunte sempre se a taxa oferecida é o CET. Caso contrário, peça a taxa de juros efetiva ou tente uma simulação para conseguir esse valor. Se estiver contratando seu empréstimo pessoal online pela Just, fique tranquilo: a taxa que você vê é sempre o CET.

Cuidado com as falsas pechinchas

Tome cuidado também com as aparentes pechinchas porque elas podem esconder “armadilhas”, como prazos de pagamento excessivamente longos. Procure a instituição mais transparente possível, para que você tenha todas as informações que precisa para decidir. Quanto mais tempo pagando uma dívida, maior é a chance de você atrasar alguma parcela por conta de imprevistos.

Aqui na Just, para garantir que a parcela vai caber no seu bolso, nós recomendamos que o empréstimo não comprometa mais do que 20% da sua renda mensal

Just Explica

Dicas e informações sobre Empréstimo e Finanças!