Como alcançar a independência financeira?

just-como-alcancar-a-independencia-financeira

Você sonha em um dia não depender mais de um trabalho para se manter? Em viver sem se preocupar com as parcelas do cartão de crédito ou os juros do cheque especial? Em dormir com tranquilidade sabendo que tem como pagar todas as despesas só com a sua renda?

A independência financeira pode parecer um objetivo muito distante para muita gente, mas com um passo de cada vez é possível chegar lá. Para te ajudar nessa jornada, aqui estão algumas dicas para que você possa se organizar.

Coloque tudo na ponta do lápis

Pode não parecer, mas essa dica é extremamente importante. Faça uma planilha de gastos pessoais ou mesmo uma lista em papel contando todo o dinheiro que entra e que sai da sua conta. Quanto você gasta no mês? Quais dos seus gastos são essenciais e quais podem ser cortados?

Às vezes, gastos que você acredita serem pequenos podem pesar muito no final do mês. Organizar suas contas te ajuda a identificar esses problemas, além de dar um norte de como seguir.

Gaste menos do que ganha

Agora que você já está ciente de todos os seus gastos, é hora de começar a otimizar sua renda. Gastos supérfluos podem ser cortados e mesmo outros mais importantes, por vezes, podem ser substituídos por uma alternativa mais barata. Ao comprar algo, faça isso com a maior objetividade possível, sempre pensando se aquele gasto realmente é essencial.

➔ Leia também sobre: 4 dicas para cortar gastos desnecessários.

Da mesma forma, você sempre pode pensar em como ganhar mais. Negociar uma promoção, focar nos estudos para buscar melhores condições de emprego ou até mesmo considerar uma de suas habilidades como forma de renda extra.

Evite dívidas o máximo possível, quando não, opte pelas menores

Quando você se prende a parcelas do cartão de crédito ou ao cheque especial, o seu dinheiro acaba não enriquecendo você e sim o banco. Juros altos podem acabar te deixando cada vez mais longe de seus sonhos, por isso é importante se livrar deles o mais rápido possível.

Uma alternativa válida é negociar com seu banco ou fazer um empréstimo. O empréstimo da Just conta com taxas mais baratas do que as tarifas de cartões das principais instituições financeiras, sendo uma alternativa mais econômica para te livrar de juros abusivos e voltar a equilibrar suas contas.

➔ Leia também sobre: Como quitar a dívida do rotativo do cartão com um empréstimo?

Crie metas

É importante pensar no que você quer conquistar e manter isso em mente para evitar cair em armadilhas como gastos por impulso ou voltar a se apoiar em terceiros. Você quer abrir um negócio ou ter sua própria casa? Fazer um curso para conseguir um emprego melhor? Buscar a independência fica mais fácil quando seu objetivo está sempre claro.

Separe parte dos seus ganhos

Separe de 10 a 20% de seus rendimentos para aplicar em ativos que aumentam sua renda. Seja tesouro direto ou investir em ações, é importante sempre destinar uma parte do seu dinheiro para fazer mais dinheiro.

Também é importante se priorizar: se você esperar até o final do mês para aplicar “o que sobrou”, é possível que você chegue nesse momento com a conta vazia. Separar o dinheiro a ser poupado logo que ele entrar na conta faz com que você calcule seu orçamento ao redor disso e te estimula a construir riqueza. Lembre-se das suas metas, você está construindo o caminho até elas.

➔ Leia também sobre: Aprenda a calcular o seu salário líquido.

Tenha uma reserva de emergência

Por mais organizado que seja seu orçamento, todo mundo pode acabar encontrando pedras no caminho que não podem ser previstas. Por isso é importante se planejar para ter o dinheiro necessário para manter seu estilo de vida por até seis meses em alguma aplicação segura.

Caso encontre algum problema que faça você usar sua reserva, como perder o emprego ou uma queda no rendimento de seu empreendimento, você terá tempo para se reorganizar e remanejar suas finanças. Isso é importante para evitar cair de novo em dívidas com juros altos.

➔ Você sabe como anda sua vida financeira? Acesse o quiz preparado pelo nosso parceiro BV e descubra em qual patamar você está!

Just Explica

Dicas e informações sobre Empréstimo e Finanças!

A Just, incluindo suas marcas e domínios, é uma plataforma de contratação de empréstimos pessoais operacionalizada pelo Banco Votorantim S.A., Av. das Nações Unidas, 14171, Torre A, 8° andar, Conj. 82 - Vila Gertrudes CEP: 04794-000 - São Paulo/SP | CNPJ: 59.588.111/0001-03.

  • SAC Just - Para atendimento geral e reclamações - Disponível de 2ª a 6ª feira, das 09h às 18h, exceto feriados: 0800 777 8996
  • Ouvidoria BV - Disponível de 2ª a 6ª feira, das 09 às 18h, exceto feriados: 0800 707 0083
  • Atendimento para deficientes auditivos - Disponível de 2ª a 6ª feira, das 07 às 22h, exceto feriados nacionais: 0800 701 8661.

Empréstimo pessoal online: Prazo de pagamento de 6 a 24 meses. Taxa de juros podem variar entre 2,55% a 7,99% (ao mês). Antes de contratar sua linha de crédito, consulte Custo Efetivo Total, as taxas de juros, tributos, tarifas, pagamentos a terceiros, seguros e demais condições específicas. Exemplo meramente ilustrativo: Valor do Empréstimo: R$ 10.000,00. Prazo: 24 meses. Parcela Mensal: R$655,87. Taxa de Juros Mensal: 3,94 % a.m. Taxa CET Mensal: 3,94%. Taxa CET Anual: 58,99%. Crédito sujeito a análise. Use o crédito de forma consciente.

Empréstimo com garantia de veículo: Somente são aceitos veículos quitados (carros de até 19 anos e veículos utilitários com até 8 anos), em bom estado, atestado por vistoria credenciada da Just. Crédito limitado a 80% do valor de avaliação do veículo, a critério exclusivo da Just. Prazo de pagamento de 12 a 48 meses. Taxa de juros pode variar entre 2,11% a 3,25% (ao mês). Consulte o CET (Custo Efetivo Total) antes de contratar o seu financiamento. Exemplo meramente ilustrativo (não configura oferta): valor veículo R$ 48.000, valor do empréstimo R$ 14.000 + taxa de cadastro R$ 789,00 (quando aplicável) + tarifa de avaliação de bem R$ 250,00 + IOF de R$ 0,00 + registro de R$197,25 = valor total de R$ 15.236,25. Total de 48 parcelas de R$ 499,75. Taxa de juros 2,00% ao mês, 28,83% ao ano. CET operação 33,77% ao ano. Crédito sujeito a análise. Use o crédito de forma consciente. Se beber, não dirija.